20/09/2018

Assistente pessoal do Google vai iniciar testes com ligações nas próximas semanas

Google Duplex, revelado na última conferência do Google para desenvolvedores, vai começar apenas checando o horário de funcionamento de estabelecimentos em feriados

O Google anunciou nesta quarta-feira, 27, que vai começar a testar o Google Duplex, sistema que permite que o assistente pessoal da marca converse com pessoas pelo telefone para marcar compromissos, nas próximas semanas. De acordo com o site The Verge, os testes serão limitados a parceiros do Google no início e as ligações terão o objetivo de checar o horário de funcionamento de estabelecimentos em feriados. O plano é começar a testar ligações para reservar de restaurantes por volta de setembro e, até o fim do ano, chamadas para agendar um horário num salão de cabelereiro.

Ao fazer o anúncio, o Google detalhou que vai avisar as pessoas que receberem as ligações do assistente pessoal de que se trata de um robô e não de um humano. Quando a empresa anunciou o recurso, durante sua conferência anual para desenvolvedores, a Google I/O, realizada em maio, ainda não estava definido se as pessoas seriam avisadas de que tratava-se de um programa de inteligência artificial. De acordo com reportagens da imprensa internacional, as novas demonstrações do Duplex incluíram uma mensagem de aviso ao interlocutor.

De acordo com o The Verge, o Google tentou incluir o aviso de forma natural no diálogo do assistente pessoal com a pessoa que atende o telefone no estabelecimento, como se ele estivesse se apresentando. Outra novidade é que a empresa avisa o interlocutor que a chamada está sendo gravada -- durante o período de testes, a empresa vai utilizar as gravações para treinar o sistema de inteligência artificial para que ele se torne mais preciso nas interações com humanos. O interlocutor, porém, poderá pedir para não ser gravado e, nesse caso, o robô virtual vai retornar a ligação posteriormente.

Salto. O Google Duplex, quando revelado em maio, deixou as pessoas atônitas com a similaridade do diálogo feito entre o robô e um humano, sem que o segundo percebesse que tratava-se de um software, um objetivo perseguido há muito tempo no segmento de inteligência artificial. Em entrevista exclusiva ao Estado na ocasião do lançamento, o vice-presidente de engenharia do Google, Scott Huffman, afirmou que o Duplex não pode conduzir qualquer tipo de conversa ao telefone, mas tipos muito específicos de diálogos, que lidam com informações padrão a serem obtidas, como consultas de horários de funcionamento e marcação de compromissos.

Autor: Terra
Fonte: terra.com.br